Temer coloca o Brasil na contramão das sociedades avançadas

Temer coloca o Brasil na contramão das sociedades avançadas

Claudia Wallin – Temer é o contrário disso Estranhamente, e na contramão das reformas trabalhistas preconizadas pelo visionário governo interino do Brasil, parece que nem os políticos e nem os empresários da Suécia estão interessados em levar seu país de volta à Idade da Pedra Lascada. “Não soa mais certo, em pleno 2016, trabalhar de 8 … Continue lendo »
Cidades: assim se privatizou o Porto Maravilha

Cidades: assim se privatizou o Porto Maravilha

Adriano Belisário – História de um retrocesso emblemático: área degradada do centro do Rio, que seria recuperada com moradias e espaços públicos, foi entregue à especulação. Como mega-empresas obtiveram dos governos a rendição total img src=”http://outraspalavras.net/outrasmidias/wp-content/uploads/2016/08/160818-PortoMaravilha-485×302.jpg” alt=”160818-PortoMaravilha” /> O Porto Maravilha, na versão atual. Espaços residenciais (em vermelho) ocupam áreas mínimas, se comparadas às comerciais (azuis). … Continue lendo »
Até quando esqueceremos Karl Marx?

Até quando esqueceremos Karl Marx?

Vicenç Navarro – É cada vez mais óbvio: só políticas decididas e intensas de redistribuição de riqueza — portanto, opostas às atuais —  permitirão enfrentar a crise econômica global, que se arrasta há oito anos Em consequência do enorme domínio que as forças conservadoras têm nos maiores meios de difusão e comunicação, inclusive acadêmicos, na Espanha, … Continue lendo »
Dez anos depois, Tribunal de Haia inocenta Milosevic

Dez anos depois, Tribunal de Haia inocenta Milosevic

Mário Augusto Jakoskind – A inocência tardia de Milosevic foi totalmente ignorada pela mídia que o condenou São passados dez anos que o então presidente da Sérvia, Slobodan Milosevic morreu quando se encontrava preso nas masmorras de um Tribunal internacional, depois de ter sido condenado de antemão pela mídia Ocidental. Milosevic chegou a ser comparado … Continue lendo »
Previdência: mexer com ela trará danos sociais dramáticos

Previdência: mexer com ela trará danos sociais dramáticos

Maurício Thuswohl – Para a economista Laura Tavares Soares, aumento da idade mínima para aposentadoria não será apenas injusto para quem contribui desde adolescente. Trará consequências sociais dramáticas Laura: nossa proteção previdenciária representa maior grau de formalização do emprego e, naturalmente, da cidadania Laura Tavares Soares faz parte de um grupo de economistas que enviou, … Continue lendo »
“Moradia se tornou sinônimo de mercadoria”, diz a ex-relatora da ONU Raquel Rolnik

“Moradia se tornou sinônimo de mercadoria”, diz a ex-relatora da ONU Raquel Rolnik

Camilla Hoshino e Thiago Hoshino – Em entrevista, a arquiteta fala sobre financeirização das políticas habitacionais em diversas partes do mundo Raquel Rolnik esteve em Curitiba para o lançamento de seu livro “Guerra dos Lugares” e participou do Circo da Democracia “A mudança de paradigma é que a moradia se transformou em um setor econômico, … Continue lendo »