Quem se surpreende com a adesão de industriais paulistas à extrema direita não conhece a História

Quem se surpreende com a adesão de industriais paulistas à extrema direita não conhece a História

Jullyana Luporini de Souza – A FIESP é fascista? Algumas notas sobre autoritarismo e a burguesia nacional. A aproximação de dirigentes da FIESP (Federação das Indústrias do Estado de SãoPaulo), que é a entidade mais representativa do empresariado brasileiro, com o governo de Jair Bolsonaro parece surpreender alguns articulistas e formadores de opinião. Contudo, a ligação … Continue lendo »
O sonho americano sucumbe diante da destruição do valor do trabalho

O sonho americano sucumbe diante da destruição do valor do trabalho

LUIZ GONZAGA BELLUZZO – Quase metade dos trabalhadores dos EUA com idade entre 18 e 64 anos labuta em empregos de baixa remuneração. Dias antes do feérico pronunciamento de Donald Trump em Davos, o jornal The New York Times publicou um texto comovente do articulista Nicholas Kristof. Da boca e garganta de Trump ribombaram celebrações … Continue lendo »
Roteiro para reinventar as cidades brasileiras

Roteiro para reinventar as cidades brasileiras

Ladislau Dowbor – Em ano eleitoral, convite incomum: que tal trocar a mera disputa entre candidatos pela reflexão sobre o resgate das metrópoles, atoladas em desigualdade, devastação e democracia corrompida? Em foco, o caso emblemático de São Paulo. O presente texto não é um programa ou lista de propostas. Antes constitui uma reflexão sobre o futuro … Continue lendo »
Tudo está conectado

Tudo está conectado

Cristiane Tavares – Fábula recupera o sentido de bem comum e faz pensar na relação perversa do homem com o meio ambiente Caríssimo Delio, Sinto-me um pouco cansado e não posso lhe escrever muito. Você me escreva sempre e sobretudo conte-me o que lhe interessa na escola. Penso que gosta da História, como também eu … Continue lendo »
Concentração de renda mostra “brasilianização do mundo”

Concentração de renda mostra “brasilianização do mundo”

ANDRÉ BARROCAL – Desigualdade é crescente, atinge recorde, está fora de controle e só beneficia ricos e empresas, dizem ONU e Oxfam. Dois relatórios divulgados nos últimos dias em paralelo ao Fórum Econômico Mundial de Davos, na Suíça, mostram que o filósofo Paulo Arantes acertou ao identificar, há quase 20 anos, uma tendência à “brasilianização … Continue lendo »
Itália: a esquerda renasce nas sardinhas

Itália: a esquerda renasce nas sardinhas

Antonio Martins – Quando os partidos tradicionais hesitam, é preciso ocupar seu lugar, parecem intuir as multidões. E surge, de um movimento popular surpreendente, nova chance de frear o ascenso de Matteo Salvini e Steve Bannon. “Se vocês calarem, até as pedras falarão”, teria dito o Cristo, exasperado com a apatia dos apóstolos. Na Itália, as … Continue lendo »
O heroísmo e os valores obscuros de Esparta, a máquina de guerra da Grécia Antiga

O heroísmo e os valores obscuros de Esparta, a máquina de guerra da Grécia Antiga

BBC Ideas – O fato de associarmos o termo “espartano” a alguém que seja austero, sóbrio, firme, severo, sem frescuras não vem do acaso. Vem da história. Esses adjetivos estão relacionados a uma espécie de modelo ideal dos antigos espartanos, os habitantes de Esparta, no sul da Grécia Antiga, na península do Peloponeso. Eles eram … Continue lendo »
O tráfico de drogas é uma tragédia porque é a cara do capitalismo

O tráfico de drogas é uma tragédia porque é a cara do capitalismo

GUSTAVO ROBERTO COSTA – No tráfico, como no capitalismo, o ser humano é descartável. Qualquer pessoa minimamente consciente e preocupada com a efetivação dos direitos do ser humano não pode, de maneira nenhuma, defender a continuidade da criminalização do consumo, do comércio e da distribuição de drogas (quaisquer delas). Vale dizer que muitos dos crimes … Continue lendo »
A atualidade de Marx

A atualidade de Marx

Slavoj Žižek – É preciso responder de maneira propriamente dialética à questão sobre a continuada relevância da crítica da economia política de Marx no capitalismo global de hoje. Quando penso no bicentenário de Karl Marx comemorado este ano, logo me ocorre uma deliciosa piada soviética sobre a rádio Yerevan. Um ouvinte pergunta: “É verdade que Rabinovitch … Continue lendo »
Quem ri do racismo?

Quem ri do racismo?

ADILSON JOSÉ MOREIRA – As pessoas raramente esquecem episódios de discriminação, principalmente quando são frequentes. A memória deles nos acompanha por muito tempo, como se nos lembrasse de que não somos vistos como pessoas que merecem o respeito dispensado a todos os indivíduos. Esse sentimento é ainda mais perturbador quando aqueles que praticam esses atos afirmam … Continue lendo »