Bens e serviços públicos são os novos ativos financeiros

Bens e serviços públicos são os novos ativos financeiros

Patricia Fachin – Entrevista especial com Denise Gentil. O processo de financeirização da economia brasileira, iniciado nos anos 2000, ficou ainda mais intenso a partir de 2014, com o aumento da financeirização de serviços públicos, como educação, saúde e previdência, diz Denise Gentil à IHU On-Line. Segundo ela, a contração dos serviços sociais por parte do Estado abriu “uma série … Continue lendo »
Fake News e o jornalismo da grande imprensa

Fake News e o jornalismo da grande imprensa

Christa Berger – O noticiário da grande imprensa preparou o terreno para as notícias falsas das redes sociais Informações fabricadas só influenciam pessoas que tem preconceito sobre determinados temas Esse texto é a intervenção que fiz no evento Fake news, eleições e democracia, no dia 21 de outubro, que reuniu as principais organizações que lutam, historicamente, … Continue lendo »
Por que o Líbano também diz basta!

Por que o Líbano também diz basta!

Nizar Hassan – Primeiro ministro renunciou ontem, mas gesto não parece capaz de encerrar revolta. População reage contra imposto regressivo, cortes nos serviços públicos e sistema político que aliena os cidadãos, ao dividir poder entre partidos religiosos. O Líbano passou a viver, na última semana, uma revolta sem precedentes – tanto em escala como em … Continue lendo »
Chile tem a terceira maior concentração de renda no 1% mais rico

Chile tem a terceira maior concentração de renda no 1% mais rico

ANDRÉ BARROCAL – Inaugurador do neoliberalismo, país não foi refundado após ditadura Pinochet, segundo sociólogo Boaventura de Souza. O 1% mais rico da população do Chile abocanha 24% da geração anual de riquezas (PIB) do país. É a terceira maior concentração mundial de renda no topo da pirâmide, segundo um relatório anual sobre desigualdades globais … Continue lendo »