Soros, a herdeira de Disney e o cofundador do Facebook pedem para pagar mais impostos

Soros, a herdeira de Disney e o cofundador do Facebook pedem para pagar mais impostos

SANDRO POZZI – Grupo de 19 bilionários assina uma carta aberta em que defende a criação de um imposto federal de 1% para os 1% mais ricos. São donos de algumas das maiores fortunas dos Estados Unidos e têm uma mensagem para o vencedor das eleições de 2020: crie um imposto federal específico às famílias … Continue lendo »
Um tsunami financeiro no horizonte

Um tsunami financeiro no horizonte

Noriel Roubini – O economista que previu a crise de 2008 alerta: já há indícios de uma nova tempestade global. Agora, os Estados terão menos força para enfrentá-la. Num cenário de instabilidade política, as consequências são imprevisíveis. Há cerca de um ano, meu colega Brunello Rosa e eu, identificamos dez riscos negativos que poderiam desencadear … Continue lendo »
‘OS MILITARES ESTÃO NUM GOVERNO DE OPERETA. ELES SE SUBMETERAM A CONSTANTES VEXAMES’, DIZ PESQUISADOR

‘OS MILITARES ESTÃO NUM GOVERNO DE OPERETA. ELES SE SUBMETERAM A CONSTANTES VEXAMES’, DIZ PESQUISADOR

Guilherme Pavarin – Os estudos de João Roberto Martins Filho são a prova de que, no Brasil, os conflitos se repetem, nunca cessam. Quando ele iniciou o mestrado, nos anos 1970, o país estava sob domínio dos militares e, nas ruas, a oposição mais ruidosa emergia da ala estudantil. Na época jovem acadêmico e fã … Continue lendo »
Ídolo de Bolsonaro, Pinochet montou esquema de tráfico de cocaína nas Forças Armadas do Chile

Ídolo de Bolsonaro, Pinochet montou esquema de tráfico de cocaína nas Forças Armadas do Chile

VICTOR FARINELLI – Ditador chileno utilizava os aviões da Força Aérea Chilena para distribuir a droga na Europa e nos EUA; Pinochet desenvolveu a “coca negra” para obter mais lucro com o mercado. Avião da Força Aérea transportando cocaína pode ser uma novidade no Brasil, mas no Chile isso já foi escândalo há exatos 20 … Continue lendo »
Para entender o fascismo dos impotentes

Para entender o fascismo dos impotentes

Franco Berardi – Filósofo italiano adverte: “nova” ultradireita lembra apenas na aparência os regimes totalitários do passado. Seus partidários trocaram o entusiasmo por desesperança e ressentimento. Um apocalipse se aproxima – e ele pode ser bom… O filósofo italiano Franco Berardi, referência na esquerda europeia, avalia as causas que levaram ao fortalecimento da ultradireita, as divergências … Continue lendo »
Após Collor, Bolsonaro é o presidente que mais governa por decretos

Após Collor, Bolsonaro é o presidente que mais governa por decretos

THAIS REIS OLIVEIRA – Alvo de revides dentro e fora do Congresso, o estilo ‘carimbador maluco’ do presidente também preocupa entidades civis. No final do mês passado, em uma de suas reuniões com Rodrigo Maia, o presidente Jair Bolsonaro cometeu um ‘sincericídio’ que ganhou a primeira página dos jornais. “Com a caneta eu tenho muito … Continue lendo »
Caixa-preta

Caixa-preta

Laura Carvalho – Seja pela sua profundidade, seja por sua longa duração, a crise econômica brasileira atual é bastante atípica. Tal como na queda de um avião, é preciso uma confluência de fatores para explicá-la. A caixa-preta, que nos desastres ajudam a revelar alguns deles, pode ser encontrada, no caso de nossa recessão, em um setor-chave … Continue lendo »
“Veremos um ressurgimento da esquerda, mas precisa buscar uma nova voz”

“Veremos um ressurgimento da esquerda, mas precisa buscar uma nova voz”

Edgar Sapiña – A fagocitose do capital e as possibilidades de uma economia que faz viver e não mata. Você se define como anticapitalista, antes que socialista, comunista, anarquista ou populista. Por quê? O capital tem muita influência sobre muitos aspectos da vida diária. Não é apenas a economia. É a cultura, a forma de pensar e … Continue lendo »
Mário Magalhães: a luta é da civilização contra a barbárie

Mário Magalhães: a luta é da civilização contra a barbárie

Rodrigo Casarin – “2018 está longe de sedimentar suas tramas e seus traumas, o que impede exame retrospectivo isento de incertezas relevantes. Mas se sabe que suas consequências influenciarão decisivamente o país por tempo prolongado. Por isso, tão cedo não vai terminar. Daqui a cinquenta anos, o 2018 brasileiro talvez tenha o peso histórico que … Continue lendo »